Revista de Vinhos

A SEGUNDA VIDA DOS NOSSOS PRATOS

Quantas vezes abrimos o frigorífico e destapamos caixas com restos sem saber o que lhes fazer? Muitas vezes ficam ali, até ao momento em que, num ato de comiseração culposo, despachamos tudo para o lixo. Mas esses restos podem tornar-se ouro, numa perspetiva de aproveitamento. Perder alimentos que não são consumidos tornou-se cada vez mais imperdoável. O desperdício começa, dentro da cadeia alimentar, já na produção, mas no seu consumo causa igualmente impacto ambiental, na diminuição da biodiversidade, reservas de água e contribui para o aumento das emissões de gases com efeito de estufa.

O desperdício começa, assim, logo em nossa casa, responsabilizando-nos, e urge repensar procedimentos e hábitos automáticos que cada vez menos fazem sentido e são até indecorosos. Em Portugal, desperdiça-se, anualmente, cerca de um milhão de toneladas de alimentos, algo assustador, sendo que um terço é da responsabilidade do consumidor. Ou seja, cada pessoa desperdiça, por ano, cerca de 180 quilos de comida. Só os agregados familiares desperdiçam 324 mil toneladas e 20% da comida é deitada fora ainda antes de chegar aos consumidores. Um desperdício que no conjunto da União Europeia chega quase aos 100 milhões de toneladas. Dá que pensar.

Para contornar o assunto, a Associação Portuguesa de Nutricionistas criou, até, um livro de receitas, em formato ebook, para a reutilização de aproveitamentos. ”Estamos a atravessar uma crise originada pelos grandes meios financeiros

You’re reading a preview, subscribe to read more.

More from Revista de Vinhos

Revista de Vinhos7 min read
FRANCISCO MATEUS Presidente CVR Alentejana
DOC ALENTEJO VS. REGIONAL ALENTEJANO. ESTES ÚLTIMOS SÃO EM MAIOR QUANTIDADE E, FREQUENTEMENTE, POSSUEM TANTA OU ATÉ UMA QUALIDADE MÉDIA SUPERIOR. HAVERÁ UMA DISCUSSÃO ETERNA SOBRE O QUE DEVE SER UM DOC ALENTEJO? O Alentejo tem uma só DOC e está divid
Revista de Vinhos7 min read
Fundação Eugénio De Almeida Não Faltam Cartuchos À Cartuxa, 60 Anos Depois
A Adega da Cartuxa é a versão agrícola de um projeto mais abrangente, que desde 1963 revoluciona Évora e o Alentejo, pelo mecenato e filantropismo. Vasco Maria Eugénio de Almeida é o protagonista inicial. Nascido em 1913, teve por berço uma das mais
Revista de Vinhos1 min read
Bem No Alto Do País, Guarda Wine Fest
A cidade mais alta de Portugal volta a celebrar o verão com a terceira edição do Guarda Wine Fest. Na Alameda de Santo André, de 12 a 14 de julho, a cidade da Guarda será o palco de várias experiências que incluem gastronomia, música e vinhos de três

Related Books & Audiobooks