AERO Magazine

SEGURO AERONÁUTICO

A aviação civil desempenha importante papel no cenário econômico, promovendo a ligação entre as mais longínquas cidades, viabilizando o escoamento da produção e a rápida circulação de pessoas, mercadorias e serviços. Apenas para que se tenha ideia da relevância do setor para a economia nacional, no ano de 2019, segundo a Associação Internacional de Transporte Aéreo (Iata, na sigla em inglês), a aviação contribuiu com cerca de 19 bilhões de dólares para o produto interno brasileiro (PIB), que é o total de riquezas geradas pelo país, criando uma cadeia de mais de 800 mil empregos diretos e indiretos.

A exploração das atividades aéreas, contudo, demanda altíssimos investimentos, a começar pelo próprio custo das aeronaves, que ultrapassa, facilmente, a marca das dezenas e, às vezes, centenas de milhões de dólares. Trata-se, ainda, de setor que convive com grande exposição a riscos e margens de lucro bastante reduzidas. Além disso, coexiste com intensa regulação técnica estatal e se sujeita às regras do livre mercado que induzem a concorrência e impactam reflexamente nos custos operacionais.

Estes fatores demonstram que este ramo de atividade demanda significativos aportes de capital para seu funcionamento, partindo-se desde o alto custo para aquisição e manutenção das aeronaves, passando pelo treinamento e qualificação de mão de obra, estendendo--se até o eventual custeio dos danos ocasionados nas próprias máquinas ou a terceiros durante as operações. É justamente no aspecto dos danos gerados às próprias aeronaves ou a terceiros que se verifica a importância do mercado securitário na aviação.

MITIGAÇÃO DOS RISCOS

De um modo geral e sem maiores rigores científicos, existem três principais formas de mitigação dos efeitos negativos atrelados aos riscos, vista esta expressão como uma adversidade com potencial efeito financeiro negativo.

Em primeiro lugar, os riscos podem ser internalizados; eventual sinistro será absorvido pelas forças próprias da

You’re reading a preview, subscribe to read more.

More from AERO Magazine

AERO Magazine5 min read
Os Aviões Favoritos Do Agronegócio
O Brasil é uma das principais potências mundiais no agronegócio. O país tem alcançado recordes em produção, abastecendo tanto o mercado nacional como internacional. A produção de alimentos e commodities aumentaram, em média, 5% a cada biênio. Para da
AERO Magazine2 min read
Uma Aviação Pronta Para Emergências
O nome do estado diz muito sobre a tragédia que se abateu sobre o Rio Grande do Sul. Trata-se de uma das regiões com maior disponibilidade de águas superficiais do país, drenada por uma densa malha hidrográfica, sempre sujeita a alagamentos e inundaç
AERO Magazine7 min read
Os Desafios Dos Táxis-aéreos
O táxi-aéreo, que integra a chamada aviação de negócios, desempenha um papel vital no transporte aéreo ao oferecer serviços de aviação flexíveis e personalizados. A importância das empresas que fretam aeronaves é evidente em várias áreas, e suas impl

Related Books & Audiobooks